domingo, 3 de julho de 2011

Animação do idoso

Definimos a animação de idosos como uma maneira de actuar em todos os campos do desenvolvimento da qualidade de vida dos mais velhos, sendo um estímulo da vida mental, física e afectiva da pessoa idosa.

A animação de idosos pode ser dividida em sete partes:

 Animação física ou motora: aquela onde se pretende que o idoso faça algum tipo de movimento.
Ex: mexer com os braços e depois os dedos, etc...

 A animação cognitiva: facilita a melhoria das relações de comunicação com os outros, incentivando o desenvolvimento da personalidade e da sua autonomia.


Ex: jogo da memória, jogo da garrafa, etc...

 Animação através da expressão plástica: pretende-se que o idoso trabalhe o seu lado artístico, através da modelagem, pintura, desenho, etc...

 Animação de comunicação: pretende-se que o idoso transmita os seus sentimentos e emoções através da música, teatro, dança, poesia, etc...

 Animação de desenvolvimento pessoal: tem como objectivo desenvolver as competências pessoais e sociais da pessoa . Estimula o auto-conhecimento e a dinâmica de grupo, inclui religião, espiritualidade e meditação.

 Animação lúdica:  tem como objectivo divertir as pessoas e o grupo, promover o convívio e divulgar os saberes. Inclui o turismo sénior, os jogos, idas a museus, teatros, cinemas, gastronomia, televisão, etc...

 Animação comunitária:  tem como objectivo a participação activa do idoso no seio da comunidade. Este tipo de animação destina-se a idosos autónomos e que ainda querem assumir um papel activo na comunidade onde vivem. O voluntariado pode ser um dos vários exemplos. 
                                                                                                                                                                                                                                       



  

Sem comentários:

Enviar um comentário